domingo, 8 de julho de 2012

'Tou praqui a pensar...

... que de todos os critérios avaliativos que me havia proposto a cumprir durante o meu projecto, o item "11 kilos a perder" é o único que está a léguas de distância de ser alcançado! E é curioso que este é o único critério que directamente é da minha responsabilidade; já que o fazer feiras em 11 distritos preciso sempre da ajuda de alguém; as 11 comunidades, preciso de alguém para me receber; as 11 feiras necessito de pessoas e locais interessados, etc etc... Ou seja, o único que depende somente de mim não está a ser conseguido. E porquê? Porque quando coloquei este critério nos critérios avaliativos, pensei que não iria fazer nenhuma dieta, ia apenas e só, emagrecer naturalmente, porque pura e simplesmente estava feliz! 

Acredito que a felicidade faz emagrecer... acredito, porque isso já me aconteceu! Uma vez na minha vida, na minha época mais feliz, emagreci quase 10 kilos pura e simplesmente porque estava feliz! Decidi que não vou voltar a fazer dietas malucas ou rápidas ou a "gastar dinheiro" e a fazer sacrifícios. Pura e simplesmente, a minha meta é efectivamente emagrecer de felicidade! :) E de vez!

No início do projecto emagreci em 2 meses, 5 kilos! Acho que foi a leveza de estar a fazer uma coisa que gostava, a deixar de estar presa a um trabalho, a sentir-me útil a fazer alguma coisa! Este emagrecimento foi muito bom! Mas depois com as trocas e baldrocas, com o pessoal a achar sempre que eu passo fome; com as trocas de farinha e mel que deram origem a uma data de crepes e panquecas; com o facto da minha companheira de casa fazer as pipocas com chocolate mais fantásticas do mundo; com o facto de não sair de casa a não ser quando estou nas comunidades e por isso, a fazer pouquíssimo exercício físico... voltei a engordar os 5 kilos. :( Disto posso concluir, que afinal de contas também preciso de aliar a dieta ao estado de felicidade... ou então, preciso de aumentar o meu estado de felicidade... porque este já não é suficiente para efectivamente emagrecer o meu corpinho. 

Já gastei muito dinheiro no passado, em dietas, exercício, cremes, massagens e afins... mas sei que efectivamente o que me faz emagrecer mais facilmente e com maior durabilidade é o AMOR! Por isso, preciso de me apaixonar para ver se emagreço os tais 11 kilos até final do projecto! LOOOOOL... O amor faz milagres, sabiam?

...

Ao chegar desta comunidade em que a alimentação foi sobretudo crudívora, e estando apenas e só 5 dias, juntando algum exercício físico de subir e descer a montanha uma data de vezes, qual não foi o meu espanto quando vi na minha balança menos 1 kilo! Boa!!! Acontece que hoje volto de regresso a casa com bolo feito pela minha companheira de casa a cheirar dentro do forno... os molhos de pesto que cirandam no meu frigorífico e que me foram dados por serem amostras de publicidade, etc etc... Chiça... isto é mesmo difícil de controlar... ;)

Enfim... efectivamente, é o que tiver de ser... se emagrecer, emagreço, se me apaixonar, apaixono, se for mais feliz, sou... o que interessa é que estou viva... e isso é muito bom, efectivamente! Hummm... 

6 comentários:

  1. Como diz a musica: "Que será será".
    http://youtu.be/xZbKHDPPrrc

    ResponderEliminar
  2. Olhando de ladecos aqui para a minha estante, constato que ainda tenho um exemplar.
    Trata-se de uma obra que entendo por obrigatória e que, infelizmente, vai deixar de ser publicada visto a editora ter fechado.
    Soube disso faz tempo e, dias antes, tinha comprado três exemplares para oferta. Ainda me resta um, que to ofertarei de bom grado. Talvez que durante o tal jantar combinado mas ainda não aprazado.
    De outra forma: troco-o. Por uma presença tua, mais a tua câmara, numa das minhas “trocas fotográficas”. Para este domingo, mais uma.
    Porquê tudo isto? Porque talvez nele – no livro – encontres uma ou duas respostas ao conteúdo deste post.
    Ao longo da vida vamos coleccionando obras e pensamentos que, de uma forma ou de outra, nos moldam e que gostaríamos que passassem aos demais. Este é um deles.
    Qual é ele? Nah! Saberás quando trocarmos. Ou quando grocares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui... sou tão curiosa! E claro que aceito... ou de doação ou de troca! :)

      Este domingo tenho um curso e não vou poder mais uma vez estar presente nessa troca que tenho tanta vontade de fazer... fotos, câmara, acção! :)

      Estou por cá até domingo, podemos marcar o jantar... ou o almoço! Fiquei mesmo curiosa! ;)
      Fico à espera...

      Besito e grata por ter sido a 3.ª contemplada... do livro misterioso! *

      Eliminar
  3. Caminhar muito também ajuda! :) e dizer que não aos bolos de vez em quando

    e num tópico totalmente distinto (ou talvez não) tenho acompanhado muito o teu projecto e estava interessada em saber mais e como posso participar. Posso trocar uma conversa por um jantar...e prometo não fazer doces e fazer algo muito light, mas delicioso :p

    (conhecemo-nos o fim-de-semana na lagoa de albufeira)

    Filipa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filipa!
      Grata pelo comentário! *
      E claro que alinho no fim-de-semana à troca de bolos ou não! Eehehehh... Como podes ajudar!?!?... Indo às feiras ou organizando alguma feira pelos teus lados... trocando! Trocando diariamente com as tuas pessoas conhecidas... ou trocar de vida ou trocar as voltas a ela... se te apetecer! ;)
      Besitos e dá news! Boas trocas *

      Eliminar

Obrigada pelo seu contacto! Responderei o mais breve possível.