sábado, 20 de abril de 2013

Eu sou uma gata orgânica

Ora pois bem, esta coisa de se viver de trocas, ou neste caso, meia cá, meia lá, tem que se lhe diga! Hoje o dia foi composto por 3 entrevistas, 2 reuniões e mais um ensaio do meu grupo de teatro comunitário (ver mais em...). Não me estou a queixar! Nada disto, mas só para vos dizer que se a minha categoria social é desempregada, bem que pode começar a mudar para um “empregada sem dinheiro, mas trocadora a (quase) tempo inteiro”. É verdade!

Além de entrevistas para faculdades, televisões e jornais, agora estamos na era das entrevistas para o estrangeiro, mais propriamente em canais de tv. Parece-me bem! Giro também, é que os jornalistas já me ligam a pedir contactos de outras pessoas a viver diferente ou a ter um olhar positivo por Portugal e eu ser “considerada” como a mulher que tem na posse esse tipo de contactos, parece-me muito bem!

Ainda além das ditas trocas, tenho feito arrumações mil à casa, ficado cada vez com mais espaço, arrumado coisas, dado, transformado e cada vez deitado menos coisas fora. O meu sonho é não ter um dia caixote do lixo, porque tudo é transformável. Por ex: a comida orgânica para um compostor para depois usar o composto nas minhas “futuras” plantas, tudo o que é papel e plástico para os meus trabalhos artísticos e os vidros para dar novo uso, como fazer compotas, ou salgar alimentos ou “picklar”. Bem, hei-de lá chegar, né?

Hoje recebi produtos de estética num "Furoshiki" (são quadrados de pano que eram tradicionalmente usados no Japão para carregar coisas) e de onde o recebi, foi de uma empresa “caseira” de produtos de maquilhagem e estética, 100% ecológicos e com uma imagem de uma gatinha siamesa linda de morrer, mas não tão linda como a minha gata Luna! Já pedi a esta minha amiga para fazer o “catsing” porque acho que ela vai passar nas provas! Como podem ver na foto, estou a usar um baton hidratante azul, com um cheiro maravilhoso. É oficial! Ando louca com os produtos que me foram disponibilizados. Julgo que a troca, por enquanto, é eu própria ser cobaia, ser também modelo fotográfica e no futuro, qui ça o tipo de trocas que terei de fazer para manter esta parceria, mas como é de uma amiga, o que está a dar é partilhar, em vez de trocar!

E pronto... mais novidades, só mesmo pelo continente fora, ou então esperando por um novo blog meu! J

4 comentários:

  1. Olá Andresa,
    Esse seu sonho de um dia não ter caixote do lixo já foi posto em prática por uma família franco-americana. Veja aqui o blog deles, é uma verdadeira inspiração:
    http://zerowastehome.blogspot.pt/
    Eu, que achava que fazia um excelente trabalho cá em casa (tenho animais que comem parte dos restos, faço compostage, reciclo tudo e mais alguma coisa), até corei de vergonha ao ver o lixo que les produziram em 6 meses:
    http://zerowastehome.blogspot.pt/2010/06/six-month-tally.html
    O segredo é mesmo "recusar" (ou seja, consumir menos), antes do reduzir, reutilizar e reciclar...
    Parabéns pelo seu trabalho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana!
      Que interessante...não conhecia! Mas quero!!!Ahahah...
      E mais, neste momento estou a guardar quase tudo para fazer trabalhos manuais, acho que isso vai ser uma boa.. e depois ofereço.. nunca sei que prendas hei-de dar, por isso... :)
      Bem haja pelo seu comentário!
      *

      Eliminar
  2. interessante ver que existem pessoas com uma grande responsabilidade ambiental.... tas apoiada e vou comecar a seguir seus passos e alertar pessoas que estao ao meu redor a fazerem mesmo.....bjs :-)

    ResponderEliminar

Obrigada pelo seu contacto! Responderei o mais breve possível.