domingo, 26 de fevereiro de 2012

Confiar é ser levada pelo vento...

Certo dia... num dia díficil da minha vida... recebi um texto do meu pai...

É do meu pai que as minhas palavras saem da minha alma como se de música tratasse... o meu pai, tal como eu, sente nas letras e nas palavras o que a alma e a voz muitas vezes não expressa... e o meu pai, certo dia enviou-me este texto, que partilho (espero que não leve a mal pela partilha pública... mas é tão lindo, que quero partilhar com vocês a benção que é ter um pai assim):

"Porquê CONFIAR? Talvez seja sempre a única porta de saída para o nosso melhor bem.
E, isto, porquê?
Há medida, que avançamos na idade são-nos colocadas novas peças no imenso tabuleiro em que como jogadores participamos num grande jogo.
Hoje no teu tabuleiro estão dispostas umas peças, que ainda não tinham passado por aqui.
Reparaste?
Pois bem!
Aquelas peças, que tu já bem conhecesses não te causam nenhuma perplexidade.
Mas as novas peças carecem de melhor atenção.
E, essa atenção passa por observá-las bem.
Como nada acontece por acaso – observa-as!
E, por momentos procura lá no teu fundo, saber, se as podes dispor de uma outra maneira.
Podes?
Está na tua mão?
Então muda-as.
Não podes, porque há muitos obstáculos ou porque não é a tua vez de jogar.
Ora bem.
Espera.
Abandona-te.
Entrega-te.
E, sobretudo CONFIA para teu Bem."
E, verás, quanta Paz reinará em Ti."

Penso que este texto, enviado a 28 de Março de 2011 talvez possa ter sido o meu motor de arranque no Believe... espera... abandona-te... entrega-te... confia... observa as novas peças... muda-as... está na tua mão!... PAZ!

Grata*

http://www.youtube.com/watch?v=A33FAhCiWtM (escolha by dj rainbow)

4 comentários:

Obrigada pelo seu contacto! Responderei o mais breve possível.